Bruxelas propõe medidas de cooperação entre países para aumentar os índices de vacinação na UE

A Comissão Europeia propôs nesta quinta-feira uma série de medidas para os países-membros com o objectivo de aumentar os índices de vacinação da UE e garantir o acesso às vacinas para todos os cidadãos europeus após os recentes surtos de sarampo “sem precedentes” e o ressurgimento de outras doenças que Bruxelas considera “evitáveis” se não fosse a “insuficiente cobertura” da população.


A proposta do Executivo comunitário centra-se em uma dezena de medidas, de entre as quais se destacam o estabelecimento de um sistema europeu de intercâmbio de informações entre países, que estabeleça um calendário de vacinação, até 2020, com doses e as idades comuns em todos os Estados-membros, a colocação em marcha de um cartão de vacinação comunitária e um arquivo virtual de dados sobre as existências e de necessidades de vacinas.


Além disso, os países devem desenvolver planos de vacinação a nível nacional ou regional, até 2020, com o fim de assegurar uma cobertura contra o sarampo em 95% como mínimo, implementar controles nos centros escolares e de trabalho e criar um sistema europeu de informação sobre a vacina que ofereça “provas objectivas, transparentes e actualizadas sobre as vantagens e a segurança das vacinas”.


“As deficiências de vacinação de um Estado-membro colocam em risco a saúde e a segurança dos cidadãos de toda a união EUROPEIA”, disse o comissário europeu de Saúde Vytenis Andriukaitis, já que “as doenças infecciosas não ficam confinadas às fronteiras nacionais”.


Para Andriukaitis “a vacinação é uma das medidas de saúde pública mais eficazes e eficientes, desenvolvidas no século XX. Como médico, acho que é desanimador ver que há crianças que morrem por não estar devidamente vacinados, pela relutância vacunarlos ou por escassez de vacinas”.


De acordo com o Centro Europeu para a Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), a incidência do sarampo continua a aumentar em vários países da UE. Entre março de 2017 e fevereiro de 2018 foram 14.813 novos casos de sarampo, através do Sistema Europeu de Vigilância, e 86% dos afetados não havia sido vacinado.


Os países-membros da UE debaterão a proposta de Bruxelas com o objetivo de que seja tomada antes do final de 2018 e entre em vigor imediatamente. Em seguida, a Comissão informará a cada três anos, sobre os progressos alcançados na aplicação das medidas propostas.

Bruxelas propõe medidas de cooperação entre países para aumentar os índices de vacinação na UE
Rate this post

[+]want to watch free sex vidoes[+]

♥Watch Free sex Videos at xbangtube 
  • sex video 2019
  • 2019 best porn video here xbangtube 2019 best porn tube2019 sex video

    2019 new sex video 2019 fuq tube

    free milf sex videos 2019 fuq tube

    sex vidiyo sex 2019

    xnxx 2019 porn 2019